Exposição: Marilyn como nunca a viu

Portugal é o primeiro país no mundo a receber a exposição de fotografias que revela o lado mais pessoal da musa do cinema. Estará patente no nosso Centro durante um mês e, claro, a entrada é gratuita.

Norma Jean, a misteriosa “Candle in the Wind” cantada por Elton John, é a estrela da exposição fotográfica que o nosso Centro recebe ainda este mês. De 25 de outubro a 26 de novembro, teremos expostas 63 fotografias originais que eternizaram 63 momentos na vida de Marilyn Monroe, captados pela lente de Milton H. Greene – renomado fotógrafo e amigo pessoal da atriz.

Fotografias célebres de Marilyn com Marlon Brando, Sir Lawrence Olivier ou Arthur Miller estarão lado a lado com fotografias absolutamente inéditas, das sessões “Bed Sitting”, “Peasant” e “Laurel Canyon”, realizadas entre 1953 e 1954. Estas relíquias serão pela primeira vez reveladas ao público nesta exposição que correrá o mundo mas que arranca em Portugal – e no nosso Centro.

A grande magia das imagens expostas prende-se com a intimidade entre fotógrafo e fotografada. O “rapaz maravilha da fotografia a cores”, como ficou conhecido o retratista Milton H. Greene, fotografou Marilyn durante muitos anos e tornou-se seu amigo pessoal. Da amizade e cumplicidade que partilhavam surgem estas fotografias cruas, imensamente mais verdadeiras. São retratos da pessoa por detrás do ícone, que revelam não só a sua beleza mas o espírito, o humor e a fragilidade de uma das atrizes e modelos mais marcantes do século XX.

Venha desvendar os segredos de Marilyn connosco, através desta viagem pelos bastidores de uma das mulheres mais icónicas do seu tempo, de 25 de outubro a 26 de novembro, todos os dias, das 10h às 23h.

Publicação
20 de Outubro de 2017
Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço